Como parar de pronar na
face de dentro da base

by

Ambos patinadores iniciantes e patinadores mais avançados que deixaram seus patins de recreação e mudaram para patins de velocidade, têm a tendência de patinar com os pés inclinados para dentro (pronação). Isso pode acontecer mais com um pé que com o outro mas isto é um problema MUITO comum o qual diminui sua velocidade e eficiência.

A maneira mais fácil de identificar se você tem essa tendência é ser filmado patinando (de preferência de frente). Uma vez que você percebe que esse é o seu problema, resolva seguindo os 3 pontos focais. Quando praticados em ordem repetidamente este passos ajudarão você a encontrar o centro da base. Se você não estiver pronando para a face de dentro da base mas patinando no centro da base, estes exercícios te ajudarão a ser capaz de patinar na face de fora da base (o que é uma obrigação para os patinadores de velocidade)

1. Patine com os patins próximos

Em pé com os seus patins a um pé de distância um do outro irá colocar você na face de dentro da base. Junte os seus joelhos assim eles vão se tocar no meio quando você mudar a perna. Você não quer que seus patins se juntem, mas deixe-os o mais próximo possível. Você vai ganhar uns centímetros na patinação começando com os patins próximos e isto irá facilitar a transferência correta do seu peso de um patins para o outro.

2. Flexione completamente o seu joelho de apoio para deslizar

Cubra os dedos do pé da sua perna de apoio (a que você está usando para deslizar) com o seu joelho e mantenha o peso na parte da frente dos seus pés enquanto você usa a outra perma para empurrar na passada e então, reagrupe. O passo 3 somente será possível se você flexionar a sua perna de apoio suficientemente. Esta é A razão fundamental pela qual a maioria das pronações na face de dentro da base acontecem. Sem que os joelhos estejam totalmente flexionados, aquela perna não vai suportar o seu peso, então a pronação acontece.

Quanto mais flexionado o joelho = Melhor a habilidade de equilíbrio em 1 perna.

3. Controle a direção da perna de apoio para escolher a sua base para deslizar.

Uma vez que o joelho de apoio é flexionado corretamente, você pode conscientemente mover este joelho em direção aos dedinhos cerca de 1-3 cm (ou até que a base mude de dentro para o centro). Faça isso em modo estático para sentir o movimento sutil do joelho mudando e influênciando a base abaixo.

Tente praticar esses exercícios de joelho de apoio isoladamente na posição Lunge e na posição 5 rodas. Eles irão aumentar ainda mais a sua capacidade de deslizar sobre a base do centro. Você vai então progredir naturalmente para deslizar na sua face de fora da base.

Exercícios na Posição de Lunge – Base do Centro

A posição Lunge é a mais larga do sua passada e a distribuição do seu peso deve ser 80% no seu patins de apoio e 20% na perna que empurra. Você pode pausar nessa posição para treinar aspectos da sua patinação. Concentre-se em criar uma base no centro na perna de apoio, flexionando o joelho de apoio e orientando-o em direção aos seus dedinhos. Olhe para baixo e verifique se o seu patins de apoio está na base do centro. Segure esta posição por vários metros em linha reta, então mude de lado e pratique com a outra perna. As duas fotos abaixo mostra a diferença em largura entre a posição de Lunge de um patinador iniciante e uma distância ligeiramente maior no Lunge de um patinador avançado.

BC3a-Lunge-291x437
BC3b-Lunge-400x437

Posição 5 Rodas

Concentre-se no joelho da frente sendo totalmente flexionado e certifique-se a rótula está cobrindo os dedos desse pé. Seu objetivo é atingir uma base do centro limpa e se equilibrar lá por vários metros em linha reta.

BC3c-Toe-Rolls-400x266Toda a estabilidade e velocidade depende de seu conforto e capacidade de se equilibrar na base do centro, então treine isso corretamente e de a si mesmo um tempo para fazer certo. Isso pode levar meses para os novos patinadores de
velocidade até que erradiquem a base interna de sua patinagem, mas geralmente porque eles estão tentando criar a base (passo 3), sem a flexão do joelho (passo 2). Qualquer que seja o seu nível de patinação pode demorar semanas de treinamento para dominar esta habilidade essencial.

Faça um vídeo de ‘antes’ e ‘depois’ para ver que diferença o treinamento consciente pode fazer. Patine normalmente e filme suas base de dentro, em seguida, tente estes exercícios de treinamento por algumas semanas, filme os resultados e me conte como você se saiu.

Leave a Reply