Adivinha quem é o novo chefe da Asha?

by

Há vários meses me perguntaram: “É possível ensinar um grupo de pessoas como melhorar sua patinação, do outro lado do mundo, via vídeo?” Fiquei na dúvida. Respondi: “Mmmm, depende…!”  Eu sabia que as expectativas desse grupo eram particularmente altas.  Mas não é todos os dias que a Disney me liga pedindo ajuda.

Mas foi isso que aconteceu. Em janeiro, eles entraram em contato com a Skatefresh, pedindo nossa ajuda. Precisavam treinar um grupo de jovens atores, selecionados para atuar em uma nova série de TV em espanhol. A série seguirá o modelo de ‘Violetta’, um programa também da Disney, e que fez muito sucesso nos ultimos anos.

http://www.telecinco.es/telemania/series/series-internacionales/disney-channel-prepara-serie-soy-luna_0_2004450363.html

O meu desafio era tornar um grupo de atores que não sabiam patinar, em patinadores e dançarinos profissionais em menos de quatro meses. Uma tarefa nada fácil para eles, e menos ainda para mim!

Acabei tendo que viajar para a Argentina por alguns dias.  Eram muitas as preocupações de saúde e segurança envolvidas no treinamento e na filmagem dos novos patinadores. Tivemos uma semana intensa de treinamento com os jovens atores, envolvendo aulas de patins, e também entrevistas para contratar um novo instrutor até fevereiro. Montei novas estratégias de ensino, planos de aula, e um programa completo de treinamento para cada semana de filmagem junto com o instrutor já contratado pelo programa.

Com a data da filmagem se aproximando, e a falta de progresso dos novos atores, otreinamento via vídeo tornou-se necessário.  Os atores encontraram varias dificuldades, inclusive em acompanhar o treinamento rigoroso que estava sendo demandado pela produção.

Acabei desenvolvendo uma nova forma de acompanhar os patinadores na Argentina.  A cada semana, eu analisava os vídeos, e trabalhava com os instrutores e coreógrafos (de dança) para formatar exercícios detalhados de correção desenhados para cada patinador. Meu novo iPhone 6 se tornou indispensável.  Eu gravava vídeos curtos em casa, mostrando aos instrutores o que precisava ser corrigido. E tudo isso, é claro, narrado em Espanhol!

Embora eu tenha duvidado no início, logo percebi que esta forma de trabalhar é perfeita pra mim. Sou uma especialista em corrigir problemas e a minha capacidade de definir exercícios corretivos é única. A demanda da Disney só reforçou essa capacidade.

Aqui estão dois exemplos de vídeos (em Espanhol) corrigindo alguns passos do New York Shuffle (Video 1) e do Cruzado  de Costas (Video 2).

[pl_video type=”youtube” id=”FYYJ1okruI0″]
[pl_video type=”youtube” id=”AwWnI8M5A80″]

Quando o processo de análise desses vídeos começou eu não tinha idéia do sucesso que seria. Eu fico feliz a cada semana quando eu receber os novos vídeos, parece que estes jovens patinadores, na verdade, fizeram a minha aula! A tecnologia permite agora que eu ensine via vídeo (e, neste caso através de outro treinador) e isto realmente funciona.

Agora eu estou desenvolvendo um novo serviço de coaching particular que eu estou testando atualmente com várias pessoas ao redor do mundo. Eu estou muito animada em dizer que parece estar funcionando com meus alunos de teste. Um dia, num futuro não muito distante, eu posso muito bem estar análisando sua patinação por vídeo. Isso não seria legal? Estou ansiosa por isso. Beijo

Leave a Reply